Animação de loading

Artista Kit Carlos realizou 3 espetáculos para cerca de 400 utentes da Fundação ADFP

O artista nascido em Cantanhede, e criado na Casa do Gaiato de Miranda, proporcionou 3 tardes recheadas de animação, alegria e muito convívio entre utentes de várias valências sociais da instituição

05 Fevereiro 2024 | Social, Visitas, Eventos, Fundação ADFP

Carlos Alberto Simões Rocha, mais conhecido por “Kit Carlos”, nasceu em Cantanhede, mas foi em Miranda do Corvo, mais propriamente na Casa do Gaiato, que cresceu. Um também quase conterrâneo que tem levado a sua voz e a sua música a comunidades portuguesas um pouco por todo o mundo, da Austrália aos Estados Unidos da América, passando pelo Canadá e por vários países da Europa. É um homem de fé e de otimismo inabaláveis, sejam quais forem as adversidades que se façam ao seu caminho. Foi, aliás, enquanto “gaiato”, que conquistou a alcunha por que hoje é conhecido internacionalmente: “Kit”, passando assim “Kit Carlos” a ser o seu nome artístico.

Primeiro jornalista e locutor de rádio, profissões que desempenhou durante 33 anos, tendo-se tornado mais tarde cantor profissional, e agora ainda conta anedotas e faz stand up comedy.

O gosto pela música e pela canção vem de longe, de quando animava as festas da Casa do Gaiato e participava em espetáculos de norte a sul de Portugal: “Foi esta atitude que me trouxe até aqui, vencendo batalhas, ultrapassando barreiras. Apoio-me na fé, no sentido de humor e numa atitude positiva”, salientou, sendo considerado ainda também um exemplo para muitos que ainda não aprenderam a lidar com as suas limitações.

“Fui criado na Casa do Gaiato de Miranda, a primeira criada pelo saudoso Pai Américo, onde vivi até aos meus 16 anos, e já não vinha há mais de 40. Mantive sempre o contacto com amigos e irmãos do Gaiato, e foram eles que falaram de mim ao Dr. Jaime Ramos, que me lançou este convite e que aceitei de imediato.

Atualmente vive em Aveiro, e muitas das suas atuações são realizadas também em lares e instituições, salientando que “Não ganho dinheiro com isto, mas fico de coração cheio, acreditem. A minha vida agora é esta: dedicar-me aos outros.”

A Fundação ADFP endereça um particular agradecimento ao artista Kit Carlos, tendo a certeza que em breve terá mais oportunidades de assistir aos seus espetáculos que encantaram os cerca de 400 utentes de diversas respostas sociais da instituição, proporcionando-lhes tardes recheadas de alegria, animação

Comentários